Tuesday, March 14, 2006

Eu queria poder escrever tanta coisa aqui...
Queria escrever sobre as pessoas que já estão mortas e ainda se comunicam comigo através de emails...
queria falar sobre aquela música que ficou legal na voz de num sei quem sem que as pessos vissem isso de outra forma...
queria desabafar minha raiva de trabalhar com tal coisa...
queria cantar sem ser recriminada (tá, minha voz não é boa pra isso, mas cantar é tão legal)
queria gritar tantas verdades...

**

Por falar em música...
Tá aí uma coisa que me acalma... música...
me deixa um dia inteiro ouvindo música... vou entrar em nirvana pra nunca mais voltar!!

**

Se Viver Fosse Doce
(Pelebrói Não Sei?)

Se você soubesse a tristeza que eu sentia
Triste o dia todo, triste todo dia
Se lhe prometesse 10 mil beijos lhe daria
Nunca mentiria, jamais mentiria

Agora que chegou a hora
E o amargo da partida vem
A mágoa de quem vai embora
Amarra quem não tem ninguém

E se lhe contasse que agora eu tô bem
Não sinto saudade, isso nao convem
Posso até jurar que o meu mundo mudou
E que amar e Punk, PunkRock&Roll

Agora que chegou a hora
E o amargo da partida vem
A mágoa de quem vai embora
Amarra quem não tem ninguém

Meus passos são lentos, mas não parei de andar
Inclusive hoje não paro de cantar
E pra terminar vou dizer o que restou
De uma antiga mágoa, um novo amor

Agora que chegou a hora
E o amargo da partida vem
A mágoa de quem vai embora
Amarra quem não tem ninguém

0 Comments:

Post a Comment

<< Home